ONG Xicola Kamugira

ONG Xicola Kamugira

O projeto da ONG Xicola Kamugira está situado em Lauro de Freitas, município vizinho a Salvador. O terreno está localizado dentro de uma favela e foi necessário a obtenção de permissão, por parte da comunidade, para que a ONG pudesse ali ganhar uma sede e desenvolver sua programações – que incluem atividades artísticas, esportivas, escolares e técnicas para crianças e adolescentes. Com a ajuda da iniciativa privada, o objetivo maior da ONG era tirar o jovem da rua e ajudá-lo, através da educação, arte e esporte, a ter uma vida mais saudável e se qualificar para o mercado de trabalho.

O terreno, de grande inclinação, tinha muitas árvores adultas nativas. E como premissa de projeto ficou decidido que não haveria desmatamento de nenhuma árvore para a implantação do projeto. Assim, um total de seis hexágonos foram implantados no terreno. Esses hexágonos permitem uma implantação descontínua e livre, possibilitando o desvio das árvores. Eles também permitem um encaixe perfeito uns entre os outros, para momentos em que o espaço livre de árvores é maior. Cada hexágono recebeu um uso distinto: creche para crianças pequenas, cursinho pré vestibular, escola de artes cênicas e música, escola de artes plásticas, e ensino técnico [essa função precisou ser abrigada em dois hexágonos]. Além disso, a maioria dos blocos conta com estrutura própria de sanitários, copa, cozinha e depósito.

Todos os blocos são suspensos do chão [palafitas] e se ligam através de passarelas descobertas. Isso ajuda a manter a temperatura agradável através da grande circulação de ar. Os pilares em forma de garfo são feitos em eucalipto roliço. O resto da estrutura é todo em madeira, as portas são telas de madeira [muxarabi] e a cobertura é de telha cerâmica.

O conjunto conta também com uma concha acústica e uma quadra de esportes instalada num grande bloco revestido de pedra [devido ao declive do terreno, o bloco se fez necessário]. Além disso, o único acesso feito pelo térreo acontece ao se chegar no terreno, já que as instalações [sobre palafitas] serão acessadas por meio das passarelas.